Valores naturais & culturais

Geologia

Geomorfologia

A área do Parque Natural Vale do Guadiana divide-se em 3 tipos de paisagem:
(1) as zonas de planícies ondulantes, que dominam em área e onde se encontram as culturas extensivas de sequeiro, as áreas de matos de estevas e os montados de azinho;
(2) as elevações das serras de São Barão e Alcaria. A Serra de Alcaria é o ponto mais alto do Parque Natural com apenas 370 m;
(3) e as zonas dos vales encaixados do rio Guadiana e das suas ribeiras. Estas áreas de vales são normalmente formadas por escarpas rochosas e fantásticas áreas de antigos matagais mediterrânicos.

Em termos geológicos, a área do Parque insere-se na Zona Sul Portuguesa, uma das unidades do Maciço Hespérico (Maciço Antigo). As formações rochosas deste território são o testemunho de uma história de milhões de anos.

A área é formada principalmente por rochas como xistos, grauvaques, metarenitos, silítos, conglomerados, entre outras. É ainda atravessada pela Faixa Piritosa Ibérica que se estende desde Sevilha até Grândola, constituída por rochas de origem vulcânica. Esta faixa tem muitos recursos mineiros que tiveram grande importância económica para Portugal durante a segunda metade do séc. XIX e primeira metade do séc. XX. As antigas explorações mineiras da Mina de S. Domingos ou das Minas da Balança entre as aldeias de Alcaria Ruiva e Azinhal são exemplo disso.

A formação geológica do Pulo do Lobo é um dos geossítios de maior importância na área do Parque Natural. Trata-se de uma estreita cascata de 16m de altura no rio Guadiana que precipita as águas sobre as rochas polidas e moldadas pela força do rio ao longo de milhões de anos.

Solos

A maioria dos solos são Litossolos (isto é, são “solos esqueléticos”, pobres) e Solos Mediterrânicos em fase delgada, que se caracterizam pela baixa capacidade quer agrícola quer de retenção de água. Assim, são, de um modo geral, solos fracos e impróprios para agricultura.

A destruição da vegetação natural da área do Parque acarreta graves problemas de erosão para os solos do Parque Natural, criando sérios riscos de desertificação para este território.
logos1
logos4
logos5
logos6